Sinto a tua falta – Kate Eberlen… por Andreia Silva

34329103SINOPSE: Tess sonha ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controlo da família e descobrir o que de facto deseja ser. Por um dia, nas férias, os caminhos destes jovens de dezoito anos cruzam-se antes de voltarem a casa e verificarem que a vida nem sempre decorre como planeado.

Nos dezasseis anos seguintes, com rumos de vida bastante diferentes, cada um descobrirá os prazeres da juventude, enfrentará problemas familiares e encarará as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo leva a crer que será impossível que um dia se conheçam verdadeiramente…

A extraordinária história que está a apaixonar o mundo.
Sinto a Tua Falta conta-nos duas trajetórias que se entrelaçam sem se tocarem, numa narrativa que emociona e que nos faz pensar. Um romance com todos os ingredientes para o êxito: amor impossível, drama, desventuras, paixão, sonhos interrompidos, doença, superação, esperança, emoção e com um final onde o amor triunfa acima de tudo.

 

OPINIÃO por Andreia Silva: 

Gus e Tess não se conhecem. Durante uma visita a Itália cruzam os caminhos, trocam olhares, mas ficam-se por aí.

Enquanto a vida dos dois decorre, nem sempre da maneira como esperavam que decorre, estão em busca de alguma coisa que nem sempre sabem onde possa estar. Como por exemplo, o amor.

O livro começa a ser narrado em 1997. Adorei que a autora fizesse questão de, em cada ano, mencionar algo característico, seja música, ou até mesmo acontecimentos políticos. Torna a história mais real e leva o leitor a entrar na época em questão.  E, por vezes, (aos mais velhos) a sentir alguma nostalgia…

Esta história é contada de uma forma muito bonita. Tem uma atmosfera à volta dela de paz, de harmonia, de uma certeza de que a felicidade pode estar sempre à nossa espera, por aí, sem nos darmos conta.

As personagens estão muito bem construídas e têm comportamentos constantes. Todo o rumo do enredo, à volta de duas pessoas que não contracenam entre si, faz ansiar por mais! Só para ver o momento em que o destino completará a sua missão.

Apesar de ser uma história extensa, o que faz algum sentido devido ao grande espaço temporal em que a história se desenvolve, não se torna enfadonha. Mesmo não havendo momentos de grandes tensões, há uma enorme beleza, romantismo e delicadeza na descrição das vidas de Tess e de Gus, não deixando espaço para que o leitor fique aborrecido. Antes pelo contrário, ficará tão embrenhado na história que até pode correr uma ou outra lágrima!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s