A trilogia de Nova Iorque – Paul Auster

4SINOPSE: Cidade de Vidro, Fantasmas e O Quarto Fechado à Chave, constituem os três andamentos de uma sinfonia única, neste que continua a ser, tantos anos depois, o livro mais emblemático do autor. São três fascinantes histórias de mistério, centradas no submundo de Nova Iorque, em que o leitor, tal como os personagens, se torna prisioneiro dos irresistíveis enredos, dos puzzles alucinantes, em que o autor é mestre incontestado.

OPINIÃO: Este senhor não me convenceu nada! Deem-lhe a fama que quiserem, os prémios que vos apetecer, mas ele é confuso e monótono. Os fins não são abertos, são escancarados. Não dão asas à reflexão, dão lugar à frustação.

Este livro é uma compilação de três contos que, pelos vistos, se completam. Não percebi de que forma. Eu devo ser mesmo muito burrinha, porque fiquei literalmente a apanhar papéis a cada desfecho.

Não me deparei com nenhuma particularidade que destacasse o autor, ou então, talvez, uma personagem muito bem concebida no primeiro conto.

É um livro denso, pessimista e derrotista.

Senhor Paul Auster, a mim não me convenceu, amigos na mesma. Lembrar-me-ei de si, pelo menos, por ser extremamente parecido com o falecido autor Rodrigo Menezes:

XPQUQowXX287979pNpAsNJhx9ZKU index

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s