Um anjo da guarda – James Patterson&Gabrielle Charbonnet

39SINOPSE: Será o nosso coração capaz de amar para além do mundo real? Michael era o amigo imaginário de Jane, que a acompanhava, guiava e protegia quando ela, ainda criança, se sentia sozinha. Apesar de a mãe ser uma bem-sucedida produtora da Broadway e do ambiente glamoroso que a rodeava, Jane não era uma menina feliz. Michael e Jane eram os melhores amigos mas, quando ela fez 9 anos, o seu amigo imaginário teve de partir…Vinte e três anos mais tarde, Jane é uma dramaturga de sucesso, trabalha na produtora da mãe e tem um namorado atraente e encantador. No entanto, ela continua infeliz e sem conseguir esquecer Michael. Até que, inesperadamente, volta a vê-lo. Teria Michael afinal sido sempre real?Uma história de amor mágica e comovente, com uma reviravolta emocionante, que nos faz acreditar no poder do amor verdadeiro.

OPINIÃO: Começa a ser recorrente a fuga para a Topseller. Há momentos em que nos fartamos um pouco de leituras densas, que nos fazem pensar muito e que perturbam o sono. Aí, procuramos outro género de livros, outro tipo de histórias, digamos, mais fofinhas. Histórias de amor, histórias com ternura, histórias com um pingo de fantasia, mas leves, para acalmar a mente. Assim têm sido estes livros para mim. Uma fuga para o belo.

James Patterson é, sem dúvida, o autor mais multifacetado que já vi. Se estava eu habituada a ler a sua coleção juvenil “Maximum Ride” e presenciar momentos de ação, aqui encontro-o num registo totalmente diferente.

“Um anjo da guarda” é uma história de amor. Porém, com particularidades fantásticas que podem deliciar os amantes do género.

O amigo imaginário tem sido utilizado para fins de terror, loucuras, e fuga das crianças à realidade. Nunca tinha visto esta temática adotada para o romantismo e, sobretudo, dando voz à entidade imaginária.

Michael é um homem, que tem o desígnio de acompanhar as crianças até aos 9 anos. Ele serve de conselheiro, companheiro de brincadeiras, o melhor amigo e protetor. Depois, uma vez que se ausente, as crianças esquecem-se dele e, com o tempo volvido, ele próprio se começa a esquecer também. Afinal, são tantas… No entanto, acontece algo com Jane que não é comum acontecer. É uma novidade dentro do mundo dos amigos imaginários e isso poderá provar que é possível visualizar um futuro lógico e feliz para ambos.

A história seguiu um caminho que não estava à espera, não surpreendendo, mas também não desiludindo.

É um livro ideal para um serão descontraído, à semelhança das tardes de Domingo em que as comédias românticas caem mesmo bem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s