O rei veado (As brumas de Avalon III) – Marion Zimmer Bradley

21.1SINOPSE: Unificada e pacificada a Bretanha, o rei Arthur ocupa agora parte do seu tempo na administração da justiça e do bem-estar dos seus súbditos. Mas não pode descurar a preparação dos seus guerreiros, e é urgente que o povo esqueça rapidamente as antigas práticas pagãs e abrace com fervor a nova religião.
Enquanto isso, Gwenhwyfar não desiste de ter um filho, e a sua esterilidade só pode encontrar explicação nos pecados cometidos por ela ou por Arthur, e que Deus decidiu castigar exemplarmente. Mas que pecados tão graves poderá Arthur ter cometido? Terá sido apenas o seu amor por Gwenhwyfar – que vivia na angústia de não lhe poder dar um herdeiro natural – o que o levou, em noite de Beltane, a juntarem-se os dois e Lancelet na cama onde costumavam dormir?
Mas, afinal, Arthur tem um filho, um filho que não pode ser seu herdeiro e que a moral cristã rejeita. O rei Arthur é o Rei Veado, vítima de O-Dos-Chifres, que o cegou e enganou, e da astúcia de Viviane, a Senhora do Lago, que tudo fez para que os desígnios da Deusa se cumprissem, levando-o, sem saber, a gerar um filho no ventre da meia-irmã Morgaine, no dia em que foi coroado rei na Ilha do Dragão.21
Assassinada brutalmente Viviane, é Morgaine quem ressurge com o rejuvenescer da força e da Visão, reencontradas nos braços de um jovem que a faz recordar e cumprir os votos de sacerdotisa. E, tal como Viviane, Morgaine tudo irá fazer para que a Deusa de novo estenda, a partir de Avalon, os seus longos braços por toda a Bretanha. Mas… que será do Rei Veado, quando o jovem veado crescer?

Saída de Emergência

OPINIÃO: Ler é viajar? Nem sempre. Nem todos os livros têm a capacidade de absorver o leitor para o seu mundo. No entanto, se viajar para a idade média do rei Artur já é uma verdadeira aventura para os amantes do romance medieval (com aquele sopro especial de magia), ser para lá transportada por MZB é ir em primeira classe com a melhor guia.

Se fiquei apaixonada pela história no segundo volume, o terceiro é duplamente viciante. Os personagens já estão mais maduros, já são criaturas mais cientes das decisões que tomaram e mais tementes ao seu Deus. Os resultados das práticas passadas e os frutos que daí advieram, principiam as suas demandas em gestos corajosos que poderão levar ao declínio do tão amado Rei Veado. A teimosia em manter casamentos sem frutos, em deixar-se levar pela força da luxúria e viver amores clandestinos, o consumar de relações incestuosas e o abandono de rebentos às mãos de outros ardilosos, são tudo ações passadas que criaram um fosso enorme na felicidade dos protagonistas e estes que se preparem para serem arrebatados pela retaliação.

O mundo fantástico da lenda arturiana sempre esteve carregado de sombras. Há, desde que esta história foi primordialmente contada, uma inclinação para a catarse. A ascensão de Artur ao trono é sempre feita por meios sinuosos, seja qual for a versão contada. Morgaine é uma personagem muito ambivalente e a proximidade desta para com Artur é sempre uma constante. Porém, para além do amor de Gwen com Lancelet,  também Mordred é a personificação do declínio do Rei Supremo. É esta a outra constante da tragédia pessoal de Artur, a aproximação gradual daquele que o deitará por terra.

Este terceiro volume já nos deixa ver esse personagem. Já nos apresenta os seus métodos e motivos. Já antecipa a sua personalidade astuciosa e como se move para Camelot.

Há uma nítida fragilidade nos quatro protagonistas e um alheamento ao que se passa em seu redor. É esta a deixa para que surjam pela retaguarda mãos que os empurrem para o abismo.

Ainda não há conclusão. Há muita curiosidade com o desfecho e, apesar de se conhecer de antemão o suposto final, resta sempre a esperança de ver tudo a terminar de forma diferente, ou não.

Adoro MZB.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s