Carrie – Stephen King

SINOPSE: Carrie, de dezasseis anos, foi desde sempre maltratada, desprezada e humilhada por todos, devido à sua timidez mas, principalmente, por causa da mãe, uma fanática religiosa que a proibía de fazer quase tudo. Mas Carrie tem um segredo: possui fortíssimos poderes telecinéticos que a tornam capaz de mover objectos inanimados com a mente, e coisas terríveis acontecem. Um acontecimento traumático irá desencadear a vingança de Carrie, e espalhar o terror e a morte por entre os que a rodeiam.
OPINIÃO: Esta foi a minha grande estreia na mente do autor mais mediático no género do terror. Escolhi iniciar-me por “Carrie” porque, para quem não sabe, este é o primeiro livro do autor e segundo li no seu blog, apesar do carinho que guarda pelo seu primogénito, admite ser bastante inferior às recentes obras. Então, nada me pareceu mais lógico do que começar pelo que ele considera o seu pior e ver a evolução ao longo dos anos, que são imensos!
Li de um só fôlego o que à partida é uma mais valia para quem pense em ler; não cansa de forma alguma. Está escrito de uma forma simplificada e oscila entre a mente das personagens para uma visão externa das mesmas.
Contudo, não posso dizer que tenha sido uma leitura fantástica, única, nem nada que se pareça mas isso acontece porque atualmente já existem variados livros, filmes e séries televisivas que tocam a telecinesia. Note-se que “Carrie” foi escrito em 1976 o que fez dele um livro original quando lançado.
Entendo finalmente a fama e mérito que é atribuído a King porque, no meio da sua escrita “básica”, ele consegue tocar no lado psicológico mais conturbado do leitor e fazê-lo sentir repugnância e confusão com as suas descrições rudes e diretas.
Em “Carrie” fala-se de menstruação, de matricidio, de bullying e de vingança fria. Desde o início que nos é dado a conhecer o final do livro e nem por isso ele deixa de ser interessante porque o leitor quer descobrir como é que alguém tão “doce”(?) como Carrie conseguirá despoletar o banho de sangue que se avizinha.
Sou mais uma em milhares ou milhões de leitores que se renderam a King.
Advertisements

4 thoughts on “Carrie – Stephen King

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s