Na Margem Do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei – Paulo Coelho

SINOPSE: Uma lição de vida, um incitamento a que se corram riscos para que o inesperado aconteça? 

Uma mensagem de fé: “Deus dá-nos todos os dias – junto com o Sol – um momento em que é possível mudar tudo o que nos deixa infelizes”? 

Um empolgante e belissímo relato, pelo sortilégio da pena de um escritor humano e espiritualmente tão forte como é Paulo Coelho, internacionalmente aclamado pela crítica.

OPINIÃO: Esta foi, sem dúvida a obra de Paulo Coelho que menos gostei.

Mais uma vez tem como tema principal a busca espiritual da personagem, porém a viagem torna-se aborrecida e monótona.

Tal como o próprio nome indica, a história é triste e muito carregada no que toca aos sentimentos das personagens, logo, tem escassos momentos de acção.

Contudo, confesso que não cheguei a terminá-lo. Perto dos três últimos capítulos, parei e nunca mais voltei a pegar-lhe.
Como o autor não tem por hábito desfechos surpresa, penso que não perdi nada.

Advertisements

One thought on “Na Margem Do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei – Paulo Coelho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s